segunda-feira, 26 de maio de 2008

Coisas que a gente odeia

Cheguei cansada de uma viagem chata de feriado, fiz trabalho de faculdade e, no auge do meu mau humor,fui para uma peca de teatro.

Depois de enfrentar um transito pentelho na Avenida Brasil, decorrente da parada gay que acontecia na Avenida Paulista, depois de ultrapassar pessoas lerdas e de fazer uma das piores balizas da minha vida, finalmente cheguei no local do teatro.

Inexplicavelmente, só haviam japoneses na entrada. E todos eles estavam , como diria minha amiga Cafeína,' causando na balada'. Tudo bem. Eu estava calma.Paciente. Tinha aceitado meu mau humor e desanimo.


Até que minha amiga me chama atençao para uma coisa capaz de me fazer ir embora para casa, sem mesmo assistir a peça a qual eu estava aguardando a mais de 20 minutos para começar: os japoneses estavam usando as costas um dos outros como apoio para preencher um cadastro.
Ah não. Tudo menos isso.Talvez voce não entenda, mas essa é uma daquelas coisinhas que irritam muito, que entram naquelas listinha das coisas que te tiram do serio e voce nao sabe porque. E minha lista é grande. Na verdade, acho que ela é infinita. Cada dia que passa eu descubro mais coisas.

Por isso resolvi anotar essas coisinhas. Ai vão algumas que eu e minha amiga Cafeína nos lembramos:


-escrever nas costas
-topetinho com gel
-meu primeiro bigode (pense num indiano, que voce vai descobrir do que estamos falando)
-jeans com jeans
-barulho de plastico
-barulho de gente mastigando
-Cara de sono
-Gente PL
-'a criativa'
-Gente lerda no trânsito
-'depiladinha' (no metro de Sp)
- Papelzinho de cartão de credito/debito
- pessoas participativas
- dinheiro amassado
- dinheiro mole (aquela nota velha de um real, eca!)
-barulhos incessantes de teclado
- A ' Nariz'
- Croc's
- a Preta Gil
-'a sorte esta lançada'
-'Trocar figurinhas'
-'gostinho de quero mais'
-'helo-ou"
-'naquele happening'
-' whatever!'
- havainas com meia
- paninho ' Zé paulino'
- shorts e salto alto
- mulher se maquiando em público.
- sobrancelha muito fina
- Panetones a mostra.
- Barulho de raspar o prato.
- Barulho de gente engolindo liquido
- Cigarro.
- Pessoas misturando incessantemente o leite com Toddy.O negocio nunca vai dissolver totalmente!
- Pessoas lambendo o dedo antes de virar a pagina.
- Pessoas lendo em voz baixa, mas gesticulando com a boca.
- Quem marca a pagina, dobrando a folha.
- Bota com aquela plataforma gigantesca


Acho que é isso. Mas sei que tem mais coisas...
Desculpem pelo POst chato, mas ele foi mais um desabafo e um momento de odio/tedio/cansaço/mau humor/revolta e falta de assunto.


( Post elaborado com ajuda de Cafeína. Muito obrigada, querida amiga, por compartilhar minha chatice)


________________________________

Intervenção de imagens complementares para a total compreensão do texto:




Jeans com jeans. Ironicamente, não combina!



Eca! Que nojo. Eu já recusei notas dessas...



Sem comentarios. Se ele tivesse o ' meu primeiro bigode' entao...
fêidimais!



E olha que essa carinha de sono tá sussa. MORRAAAAA




E outro dia que eu vi uma noticia sobre o Dado Dolabella usando uma Croc de cada cor.
1. quem usa Croc's de cores diferentes? O negocio já é feio quando combinadinho.
2.E eu com isso?

quarta-feira, 21 de maio de 2008

Voce sabe o que é phytoervas?

SE voce não sabe...

video


E esse filme é de 1994.

terça-feira, 20 de maio de 2008

Imagens que não passam de imagens

Fiquei muito chateada com a saída da Ministra do Meio Ambiente, Dona Marina.





Deixando de lado todos os meus lapsos políticos (e me segurando bastante pra não começar a fazer mais um desses manifestos vazios cheios dos clichês) gostava bastante dela, uma pessoa competente, forte, inteligente... além do fato que ela me divertia muito. Nunca, na vida, Marina Silva saiu bem na foto. Repare, qualquer foto.


Daí a minha frustação, quem seria o substituto de tal pessoal tão caractual, mulher, sábia, roots?





O próprio, Carlos Minc. O cara manda tão bem nas fotos, quanto a Marinão, e esse cabelinho é imbatível.





Talvez ele resolva problemas como esse trem emperrado em Suzano.
Olha a carinha da mulher. Tive um ataque de riso.






Quase tão bela quanto a carinha do Van Dame em Cannes.






Ou a bundinha dos manifestantes da Petrobrás.

domingo, 18 de maio de 2008

John Cage

John Cage. Até pouco tempo atrás eu nunca tinha ouvido falar dese compositor erudito. Inclusive, pelo estilo de suas composiçoes nunca imaginei também que ele não estivesse mais vivo.

Durante a década de sessenta ele foi um dos colaboradores para a criação do movimento Fluxus, o qual se baseia na união de diversas formas de expressão, tais como artes plasticas, musica e literatura, para criticar o caráter mercadológico das producoes da época.

Todo esse ar anti-arte e pseudo dadaísta inspirou o artista em questão em sua mais famosa produção:a peça 4'33".Ela é nada mais nada menos do que quatro minutos e trinta e tres segundos de silêncio, interrompidos apenas por tosses dos musicos e viradas de paginas.

Nao direi mais nada sobre essa maravilha do mundo da música.
É preciso assistir para entender tamanho sucesso.

(Não assistam ele inteiro. Enche o saco.)



O que me faz questionar é o fato de que eu acho interessante o dadaísmo. Gosto de Duchamp. Acho genial a sua mais famosa obra, aquela do mictório invertido. MAs não sei até que ponto essa ruptura é significativa e realmente inovadora.

sexta-feira, 16 de maio de 2008

Os Incompreendidos

O melhor final da história do cinema. Na minha opinião.
Arrepia, me deixa triste, feliz, essa trilha (!), muuuuito foda.

Se for assistir, assista tudo, até o final de tudo (5 minutinhos).




François Truffaut não era um amante dos niños e fez o filme que melhor define a solidão na infância. Muitos falam de Antoine Doinel (o ator Jean-Pierre Léaud) é uma espécie de alter ego do diretor, que foi o fodão da Nouvelle Vague.

Nouvelle Vague (já que eu me empoguei):

Mais do que uma mera etapa na história do cinema, mais do que um movimento artístico ou social, a Nouvelle Vague foi um período decisivo na definição do cinema como forma de arte. Foi a época que, pela primeira vez, o enfoque estava colocado não nas estrelas, não nos estúdios, mas sim nos autores - nos realizadores, argumentistas, nos verdadeiros criadores da obra.

É surrealmente bom. Se houver um interesse por cinema não deixe de assistir alguns dos filmes:


Hiroshima Mon Amour - Resnais

A Bout de Soufle (Acossado) - Godard

Jules et Jim - Truffaut

Pierrot Le Fou - Godard

L´Anné Dernie a Marienbad - Resnais










quinta-feira, 15 de maio de 2008

MJ (leia-se emm jay)

  • Dono do disco mais vendido do mundo.
  • Billie Jean
  • Thriller
  • Moonwalk!
  • Autor da música da abertura do VideoShow!

O cara é foda.



Vai treinando:





Independentemente do que ele já tenha feito para as criancinhas, Michael influenciou a geração passada, a nossa e as que virão.


Infelizmente eu não poderia deixa de colocar esse vídeo:




AAAAAW!

(entenderam o gritinho, né?)

terça-feira, 13 de maio de 2008

Volver

Em homenagem a minha querida cafeína.

quinta-feira, 8 de maio de 2008

Nem vem que não tem.


Pra você que é viciado em plástico bolha:





  • Aqui eu coloco uma pergunta nunca antes explorada:

"O marketing cria necessidades?"



  • E agora a frase revolucionária:

"A culpa é do mundo capitalista!"



E não me venham falar que dia das mães é feriado comercial. Dá presente quem quer. E adoramos presentes! Viiiiiiiiva o capitalismo!!!!!!!!!!!!


Sim vermelhinhos, me queimem.

terça-feira, 6 de maio de 2008

Foca com Pinguim

Eu sempre gostei de bichos estranhos. Hoje mesmo me lembrei de que, quando pequena, eu tinha uma fascinação por baleias, em especial pela azul, a maior do mundo.
Não sei se por saudade ou intuição, resolvi entrar no link bichos do site da UOL. E foi entao que me deparei com uma notícia bizarra: "Cientistas flagram ' assédio sexual' de foca a pinguim". Mais bizarros ainda a foto e os comentarios feitos pelo jornalista da BBC. (Sim, essa noticia estava no site da BBC, não num blog tosco com nome de batata).
Eis alguns trechos da matéria:
" 'A primeira vista achamos que a foca (macho) queria matar o pinguim',disse o professor Nico de Bruyn"
"Nao esta claro porque a foca de 100kg(...) tentou cruzar com um pinguim de 15kg"
"As testemunhas disseram que a vítima movia suas asas numa tentativa desesperada de se liberar"
"Esse seria o primeiro caso de um mamífero tentando copular com outra classe de vertebrado, como uma ave, um peixe, um réptil ou anfíbio, dizem os cientistas".

(Mas eu não acredito nessa frase. Se não, de onde viria a expressão "afogar o ganço"?)

Segue a prova do crime.



P.S.1  Depois de 45 minutos tentando, a Foca não conseguiu consumir o ato com o Pinguim e os cientistas acreditam que ele saiu ileso.
P.S. 2 Tinha um filme da Sessão da Tarde que mostrava um amor impossível também,  acho que entre um golfinho e um cachorro, mas não tenho certeza.

segunda-feira, 5 de maio de 2008

O Brasil já não é mais o mesmo

Eu me lembro muito bem quando comecei a estudar as causas de catastrofes naturais, como terremotos, ciclones, furacões. Lembro muito bem tambem que os professores diziam para eu ficar tranquila, pois no Brasil essas coisas não aconteciam.
Não aconteciam. No pretérito imperfeito.
Duas semanas atrás quatro estados brasileiros sentiram um tremor de 5,2 na escala Richter.
Neste final de semana, um ciclone atingiu o Rio Grande do sul, com ventos de 100km/h, deixando 25 mil pessoas desabrigadas.
Juro que não entendo. Aquela minha sensação de segurança por estar num país abençoado por Deus sumiu. 
Tenho medo do que vem agora. Achei que essas coisas só aconteciam na Asia e nos Estados Unidos.



"Reparem que o Brasil está sobre uma só placa tectônica. Isso faz com que não ocorram terremotos no país."- era isso que minha professora dizia